Notícias


Diversão sem sair de casa

Diversão sem sair de casa

Construtoras locais investem cada vez mais em uma infraestrutura completa de lazer.

 

Durante as férias, as agendas das crianças e dos adolescentes ficam livres dos compromissos escolares e totalmente disponíveis para a diversão. Esse período, celebrado pelos filhos, muitas vezes é sinônimo de preocupação para os pais, já que cabe a eles encontrar alternativas para preencher o tempo ocioso. O objetivo é inserir atividades prazerosas, saudáveis e, principalmente, seguras na rotina. Nesse contexto, leva vantagem quem escolheu viver nos modernos residenciais de Ribeirão Preto. Isso porque as construtoras locais investem cada vez mais em uma infraestrutura completa de lazer. Assim, as férias podem ser muito bem aproveitadas dentro do próprio condomínio.

Implantado por meio de uma parceria entre as empresas Perplan Empreendimento e Urbanização, Bild Desenvolvimento Imobiliário e CP Construplan, o condomínio Jardim Sul tem 50 itens de lazer. Há atrações para todas as faixas etárias. Para as crianças e os adolescentes, destaque para o espaço kids, o salão de jogos, o complexo aquático, o salão de festas infantil com brinquedoteca, o espaço juvenil e o garage band, local ideal para quem gosta de música ensaiar sem incomodar os vizinhos. Além de tudo isso, a ampla área verde com pista de caminhada, o campo de futebol e a quadra de tênis, entre outros ambientes, estimulam a prática de esportes. 

São 197 mil m² de terreno, dos quais 32 mil m² foram destinados ao meio ambiente e ao entretenimento. “Essa área é importante, pois deixa os pais tranquilos. Eles sabem que os filhos estão se divertindo em um ambiente construído de acordo com rígidos padrões. Conseguimos proporcionar às crianças uma infância semelhante a que os pais tiveram, brincando na rua até mais tarde, de forma saudável, sem colocar em risco o bem-estar e a segurança”, explica o diretor da Bild, Rodrigo Villas Boas. 

Vivendo no residencial desde abril de 2011, Antônio Gebrim lembra que a estrutura de lazer foi decisiva na hora de fechar negócio. A compra foi efetuada pensando na qualidade de vida da família, a esposa Luciana e as filhas Ana Paula e Maria Carolina, de oito e seis anos respectivamente. Agora que todos estão de férias, podem usufruir ainda mais do clube privativo como extensão da casa. “Nossas filhas circulam a pé ou de bicicleta pelo condomínio para encontrar as amigas sem nenhum problema. Também gostam de realizar percursos de corrida conosco, praticam natação e tomam banho de piscina. Temos o maior cuidado com a educação delas e buscamos oferecer momentos agradáveis, de recreação saudável, estimulando principalmente a prática de esportes”, comenta Antônio. Segundo o morador, o condomínio acaba se tornando um poderoso aliado nessa tarefa.

A tendência é que os empreendimentos residenciais continuem seguindo esse conceito. “Todos os projetos são elaborados de acordo com as necessidades e os desejos dos consumidores. Cada lançamento traz uma novidade, em resposta ao que o mercado pede. A área de lazer está em alta. Ela é como o quintal da casa e os condôminos não querem nada apenas contemplativo: os espaços devem ter um propósito e precisam ser montados para serem utilizados. O mais interessante é que esses ambientes permitem uma sociabilização incrível”, enfatiza Teresa Cristina de Souza Lima, diretora de planejamento e projeto da Habiarte. 

A construtora dá uma atenção especial a esse ambiente em suas obras, como o Edifício Amsterdam. O condomínio, que está sendo construído na Alta Fiusa, terá diversas atrações para os pequenos. Entre elas, salão de jogos e recreação infantil, playground, brinquedoteca, piscina e quadra poliesportiva. A previsão de entrega é no final de 2014.

 

* Publicado em 17/01/2013 na revista Revide.